top of page
  • Foto do escritorGabriel Berger

Corrente da motosserra x produtividade

Atualizado: 27 de fev. de 2023

Como otimizar o tempo de trabalho com a escolha da corrente de motosserra certa?


Gabriel Berger mostrando a corrente da motossera

A escolha da corrente da motosserra pode interferir diretamente na produtividade do trabalho de supressão de árvores. Com a corrente certa, aliada à técnica correta de corte, a motosserra pode proporcionar melhor desempenho, otimizando o trabalho da equipe.


Escolher a melhor corrente não quer dizer optar pela mais agressiva, mas sim por aquela com as melhores características de corte em relação ao modelo da motosserra, intensidade de uso e dureza da madeira a ser manejada. Usar somente uma corrente com um cortador mais agressivo em relação à potência da máquina não significa que haverá aumento do desempenho de corte.


Para que fique mais claro, veja abaixo, de forma ampliada, o protótipo de um cortador ou dente da corrente da motosserra:


Foto de um dente ou cortador da corrente da motosserra

1. Limitador/guia de profundidade: Determina a espessura da lasca da madeira.

2. Ponta de ataque: Faz a penetração na madeira.

3. Fio de corte: Realiza/finaliza o corte.




O perfil do cortador escolhido também é fundamental, pois é ele que determina a velocidade de corte e, consequentemente, o aumento da produtividade. À medida que o perfil avança do redondo para o quadrado, conforme indica a figura abaixo, tem-se como resultados: aumento da exigência do nível de experiência do usuário na afiação, obtenção de uma madeira sem intempéries, maior economia de combustível, menor esforço do motor e melhor acabamento na madeira.


Dessa forma, podemos concluir que, quanto mais próximo ao perfil quadrado, mais agressivo é o corte e há uma maior exigência quanto à técnica e experiência do operador da máquina.



foto de como funciona uma corrente de motosserra

Além do cortador, a corrente ainda tem mais 3 elementos, que são: rebite, elo de tração e elo de união.


A distância entre 3 rebites é o passo da corrente e é ele que vai determinar o diâmetro da lima para realizar a afiação do cortador.




Com a corrente correta escolhida, é hora do operador da máquina e da equipe de manejo entrarem em ação. O entrosamento, o planejamento e a comunicação entre todos os membros do grupo é fundamental para o sucesso do trabalho.


Com um conjunto de corte adequado, afiação e manutenção da máquina em dia, técnica correta de corte e preparo da equipe, o trabalho de supressão da vegetação pode ser realizado em menos tempo e, principalmente, com mais segurança.



Mais vídeos sobre corrente da motosserra:


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page